segunda-feira, 24 de agosto de 2009

3 semanas em Montréal

Hoje fez 3 semanas que cheguei em Montréal e para mim parece que já estou aqui há uns 3 meses de tanta coisa que já fiz nesse tempo rsrsrs

Vamos lá às novidades:

Curso de Francês
Hoje fiz meu teste na Commission Scolaire para fazer o curso de Français Langue Seconde à noite, fui classificada como nível 4 (pas mal rsrsrs). Eu ia fazer a Francisation à temps partiel no período da noite, mas o lugar onde ia fazer era muito longe de casa, então achei melhor fazer em uma Commission que é perto de casa. O curso de Français Langue Seconde custa CAN50,00 por curso e a carga horária é de 12h por semana (de segunda à quinta).

Carta de motorista
Na semana passada marquei meu rendez-vous no SAAQ para trocar minha carteira de motorista. Vale lembrar que não adiante ir lá para tentar agendar este rendez-vous, eles só marcam por telefone mesmo. Eu mesma fui lá e a moça me pediu para ligar.... :-(. Acho bom já ligar para lá assim que chegar aqui, pois o meu rendez-vou foi marcado só em 22/09. Para quem tem a carteira de motorista brasileira é necessário levar no rendez-vou a carteira traduzida por tradutor juramentado daqui e os documentos de imigração. Aí ainda terá que fazer o exame teórico e o prático. Por isso é bom já agendar isso assim que chegar aqui.

Curso do MICC

Hoje comecei um curso do MICC. Um deles é o Vivre ensemble au Québec e é um curso rápido sobre os valores da sociedade quebequense. O outro é um curso composto de 7 módulos chamado S'adapter au monde du travail québécois. É bem legal que eles mostram um geral sobre a província, costumes, cultura e como funciona o mercado de trabalho aqui. Após este curso vou fazer o Atelier de recherche d'emploi no La Maisonnée.

Celular
Na segunda semana que cheguei fiz um plano pré-pago da Fido. Como ainda não sabia se iria ficar mais tempo ou não no studio, preferi já fazer um celular para ter um número de telefone de contato. Nos planos de celular daqui geralmente temos que pagar as ligações efetuadas e recebidas. Então uso meu celular o mínimo possível e quanto tenho que ligar para algum telefone fixo uso o Skype.

Montréal em Inglês
Algo que não costumam falar nas palestras de imigração, mas que deveria ser mencionado, é que em Montréal a maioria dos empregos pedem Francês e Inglês. Muitas empresas aqui atendem outras províncias canadenses, por isso eles precisam de funcionários bilíngues. Não sei como isso funciona em outras cidades, mas pelo menos aqui em Montréal o Inglês é muito usado, já aconteceu (mais de uma vez) de ter que falar Inglês porque a pessoa que me atendeu não falava Francês. Por isso é importante que os futuros imigrantes estudem Francês, mas não deixem de estudar Inglês também, pois aqui é muito usado.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

2 semanas de Montréal e mais novidades

Demorei para postar, mas foi parte por falta de tempo e parte por pura preguiça mesmo rsrsrs. Os dias aqui estão extremamente quentes e não aguento ficar dentro do meu apartamento, então geralmente estou na rua rsrsrs. Mas vamos às novidades:

Dépanage alimentaire
Na semana passada fui ao Mission Bon Accueil, lá eles fazem um cadastro de pessoas desempregadas (caso de imigrantes recém-chegados) e prestão serviços de apoio social como distribuição de comida e colchão. Na sexta-feira passada fui buscar minha cesta (nada) básica. Nesta cesta vem muita coisa: muitos pães de vários tipos, iogurtes, legumes, frutas, biscoitos, etc. Realmente, de básica a cesta não tem nada e já deu para economizar uma graninha com mercado, isso ajuda muito. Eles também tem distribuição de colchão. O agendamento do rendez-vous é sempre nas segundas-feiras e a distribuição é feita na quarta. Ainda não agendei meu rendez-vous, mas quero pegar um porque logo vou me mudar de apartamento (o Outremont Studios está muito pequeno para mim) e vou precisar de um lugar para dormir.

Busca por curso de Francês, empregos e moradia
Como aqui os gastos são altos, decidi já começar a procurar por um trabalho. Então já estou procurando empregos para trabalhar durante o dia e cursos de Francês a noite, assim poderei continuar estudando Francês e ao mesmo tempo ter uma renda para poder viver. Também já aluguei um outro apartamento maior, é um 3 1/2 com quarto, sala e cozinha separados e vou me mudar no dia 1 de Setembro!!!

Passeios
Apesar de estar correndo atrás das coisas, também sou filha de Deus e mereço um passeio de vez em quando rsrsrs. Neste final de semana aproveitamos o dia das crianças e fomos no Biodôme de graça e na semana passada visitamos o Jadin Botanique de Montréal. O Bidôme até que é legal, mas é um passeio muito curto, fiquei um pouco decepcionada, só não fiquei mais chateada porque foi de graça rsrsrs. Já o Jardin botanique é lindo!! Vale muito a pena visitar!

Segue algumas fotinhos:

Jardin Botanique


Biodôme

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Cheguei em Montreal

Olá! Fazem 4 dias que cheguei em Montreal e não consegui postar antes por causa da correria. Mas vamos para as novidades:

Sobre a cidade
A cidade é linda e estou amando morar aqui. Estou em Outremont e o bairro é um dos mais lindos de Montreal. Algumas pessoas não gostam daqui porque há muitos judeus ortodoxos, daqueles que os homens usam chapéu e as mulheres usam peruca ou um turbante que parece que acabaram de sair do banho rsrsrs, mas eu realmente não me importo com isso.

Moradia
Estou Outremont Suites. O meu studio é igualzinho ao da foto, o apê só estava muito empoieirado, mas acho que aqui tem muita poeira mesmo, pois meu chão não pára limpo, e olha que varro todos os dias. Para quem é solteiro ou casal dá para ficar bem aqui. O preço daqui é $570,00/mês o apê mobiliado (cama, mesa, 2 cadeiras, escrivaninha, fogão, geladeira e microondas) e com tudo incluso (inclusive internet). Para quem está chegando é ótimo, pois são móveis a menos para se comprar. A única coisa ruim aqui é o closet que é extremamente pequeno e não cabe nem 1/10 das minhas coisas, mas estou me virando como posso. Para quem quiser vir para cá eu recomendo o lugar, mas aconselho a não dar o endereço daqui sem saber o número do seu apartamento. Porque? Infelizmente um amigo e uma amiga não tinham o número do apartamento e quando receberam a carta, a correspondência estava violada. Mas se vc já souber o número do seu apartamento e a chave da caixinha é tranquilo e não tem problema. Então, para quem deseja ficar aqui, é melhor não dar o endereço ao chegar no aeroporto para receber o PR card e só fornecer o endereço daqui quando já tiver o número do apartamento e a chave do correio.

Traslado Aeroporto-apartamento
Nós utilizamos o serviço do Celso para nos transportar do aeroporto até o apartamento. O e-mail do Celso é mirricelso@yahoo.ca. Valeu muito a pena, ele cobra o valor do táxi e também ajudou a transportar todas as nossas (vim com uma amiga) até o primeiro andar do apartamento. Caso alguém queira contratar os serviços dele (ele também aluga apartamentos e quartos) é só enviar um e-mail para ele.

NAS e Assurance Maladie
Tiramos o NAS perto do metrô Beaudry e o Assurance Maladie perto do metro McGill. Os dois ficam na mesma linha (verde) e conseguimos tirar os dois em uma manhã. Para isso saimos cedo de casa (por volta das 8am) e ainda tivemos tempo livre a tarde. O melhor é ir primeiro tirar o NAS e depois o Assurance Maladie (que demora um pouco).

Conta Bancária
Abrimos a conta no Canada Trust por indicação de um amigo. Acho que conta bancária é algo muito pessoal e cada um tem uma necessidade, como não sabia onde abrir a conta fui por indicação do meu amigo. Nós depositamos todos os travellers cheques na conta, porém eles só estarão disponíveis após UMA SEMANA!!! Nós não sabíamos disso, mas nosso amigo veio nos visitar hoje e ele disse que quando ele abriu a gerente recomendou que eles primeiro trocassem os TC por dinheiro (que seria sem taxa por eles já serem clientes) e depois depositar. Com isso eles já puderam usar o dinheiro no mesmo dia. Então fica aí a dica: quando forem depositar os TC, peçam para trocar todos os TCs e aí sim depositem o dinheiro.

TC e VTM (Visa Travel Money)
Os TCs aqui são difíceis de trocar sem taxa, em todos os bancos que fomos para quem não é correntista era necessário pagar uma taxa (em um dos bancos a taxa era de CAN5,00 por cheque!!!) para poder trocar. Então é bom trazer TC somente se já for abrir uma conta bancária logo que chegar aqui e já depositá-los.
Também fiz o VTM, é engraçado que havia feito somente para teste, mas estou usando muito este cartãozinho. Em tudo quanto é mercado e loja que aceitam Visa eu uso o cartão. Ainda não fiz saque, então não sei se vale a pena para sacar dinheiro, mas como cartão de compras é ótimo.

Escritório MICC
Fomos na terça-feira no escritório e agendaram o nosso rendez-vous inicial para a próxima segunda.

É isso, amanhã vamos ir atrás da nossa cesta básica (dépannage alimentaire), um tipo de ajuda que é dado para pessoas desempregadas, incluindo imigrantes. Também vamos atrás da Francisação e do curso de Français Langue Seconde da Commission Scolaire. Quando tiver mais novidades postarei aqui.